5 comentários em “O Milagre de Anne Sulivan (Arthur Penn, 1962)

  1. Esse filme é lindo, lindo, lindo. Me fez ver o quão Hollywoodiana era minha visão, fiquei esperando um final milagroso ou um método de ensino não-ortodoxo que a curaria. Mas assim, realista, ficou muito melhor do que qualquer outra coisa. É um filme que eu veria outra vez fácil, dá pra se aprender sempre com Anne Sullivan e Helen Keller. E as atuações? Magníficas. Até cheguei a acreditar que Patty Duke era mesmo cega e muda durante todo o longa, a atuação dela é de uma realidade incrível. E Anne Bancroft não fica atrás.
    Abração, e gostei do teu texto. Pontuou tudo muito bem, e foi mesmo maravilhosa essa surpresa tão simples, e ao mesmo tempo, tão gostosa.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s