10 comentários em “Pi (1998) de Darren Aronofsky

  1. Aronofsky já ensaiava aqui o estilo pesado que tomaria conta de sua obra-prima que é o posterior Requiém para um Sonho. Em Pi, tudo é repleto de alegorias, um estudo da mente humana. Genial!

  2. Filme genial, deveria ser obrigatório em todas as faculdades de matematica, até eu que não sou muito fan do assunto, achei genial.
    É nitido alguns detalhes caracteristicos da direção de Aronofsky nesse seu primeiro filme, um exmplo é as repetições coordenadas da abertura das fechaduras da porta de Max, ele usou esse mesmo efeito em Requiem, quando os personagens se drogavam.
    Muito boa critica Andinhu.
    PS; Achei seu blog por acaso :p

  3. deveria ser obrigatório em todas as faculdades de matematica [2]
    Acho que ste é o primeiro filme que esses estudantes procuram. e como vc disse até eu que não sou muito fã do assunto adorei o filme.

    P.S. Demorei horas pra lembrar quem era vc! saushauhsaus

    Abraço

  4. Ao assisti-lo, o que fiz ontem, lembrei do Tetsuo, não só pelo preto e branco mas pelo ritmo frenético de algumas cenas, sons e imagens pertubadores e o ritmo que marcava o filme o tempo todo como uma bateria ou um baixa em uma banda de Rock.

  5. Nesta primeira assistida que dei no filme, me pareceu genial, mesmo sabendo que deixei algumas metáforas soltas – mas como conheço um pouco de matemático, adorei a forma com que ele destilou o conceito do número pelo filme!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s