5 comentários em “Fanny e Alexander (1982) de Ingmar Bergman

  1. hahahaha Se este é 11, imagina Menina de Ouro!
    Eu quero muito ver, infelizmente ainda não tive esta oportunidade.

  2. Ótimo texto Rodolfo. Sou fã de Bergman. A experiência a ver este filme foi sui generis. A angústia é o eixo de toda esta obra. Parabéns pelo texto e um abraço…

  3. Seu comentário traduz o que é visceral no filme de Bergman: este viés existencialista que percorre a película do primeiro ao último plano, que faz dessa obra notável o exemplo mais perfeito do que é capaz o cinema de um verdadeiro gênio. Arrebatador na perspectiva da forma e do conteúdo, Fanny e Alexander é o ponto culminante da carreira do mais completo cineasta de todos os tempos. A fotografia, o arranjo das cores e a maestria com que Bergman realiza os movimentos de câmera, item que faz deste filme um caso à parte no conjunto de sua vasta filmografia, exemplificam à perfeição o que há de mais irretocável em termos cinematográficos. Imperdível!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s